capa do post

Sistemas On Grid e Off Grid: entenda suas diferenças e qual escolher?

BLOG | 09/11/2021

Antes de começar a produzir a própria energia elétrica a partir da luz solar, é preciso saber que existem dois tipos básicos de sistemas fotovoltaicos: Sistema On Grid, conectados à rede, e o Sistema Off Grid, que são isolados da rede.

Entender as diferenças entre esses sistemas é muito importante para que você consiga escolher a melhor opção para suas necessidades. Afinal, os sistemas On Grid e Off Grid possuem características e preços distintos.

Se você quer economizar em sua conta de energia, seja em sua residência ou em sua empresa, este post pode te ajudar a escolher a melhor alternativa.

Sistema de energia solar fotovoltaico

Um sistema de energia fotovoltaica é composto por um conjunto de equipamentos como as placas solares e o inversor, que são responsáveis por captar os raios solares e convertê-los em energia elétrica.

Entretanto, o kit de equipamentos de energia solar pode variar dependendo do modelo da instalação (on grid ou off grid).

Diferença entre On Grid e Off Grid

A principal diferença é que o sistema de energia solar on grid é conectado à rede elétrica, enquanto o off grid é autônomo, mas os dois ainda têm algumas especificidades.

Sistema de Energia Solar - On Grid

O Sistema On Grid possui uma conexão com a rede elétrica da concessionária de energia local e seus principais componentes são as placas solares e o inversor.

Em todos os modelos, também é necessário os componentes elétricos essenciais para o funcionamento do sistema de energia solar fotovoltaica, e peças de segurança e sustentação.

A partir do momento em que o sistema fotovoltaico on grid foi registrado junto a concessionária de energia que atende a unidade consumidora, esta pode obter os créditos solares.

Créditos Solares

Quando o sistema produz mais do que a unidade consumiu em um período, a eletricidade gerada é mandada de volta para a rede da distribuidora.

Isso resulta em créditos que possuem uma validade de 5 anos para serem debitados da conta de luz nos meses em que a produção de energia for menor do que o consumo.

Portanto, se em um determinado período o consumo de energia aumentar e o sistema fotovoltaico não suprir toda demanda, o imóvel vai utilizar energia elétrica da rede pública, mas a fatura de energia terá um desconto.

Outra vantagem de ter um sistema On Grid e gerar esses créditos é poder descontá-los da conta de luz de outros imóveis, desde que eles estejam na mesma titularidade e localizados em uma região atendida pela mesma concessionária de energia.

Sistema de Energia Solar - Off Grid

O Sistema Fotovoltaico Off Grid não é conectado à rede pública, por isso ele precisa de equipamentos diferentes para ter autonomia e ser auto sustentável

Como o uso de baterias e controladores de carga, por isso ele costuma ser mais caro do que o sistema On Grid.

Este sistema fotovoltaico mais isolado, normalmente é usado para funções específicas, como bombeamento de água e eletrificar cercas de segurança.

A produção de energia é igual ao de um sistema on grid, ou seja, as placas solares captam a luz do sol e geram energia elétrica, a diferença fica no armazenamento que é feito por meio de baterias.

As baterias garantem que o sistema off grid funcione mesmo em épocas com poucos raios solares, como em dias nublados ou até mesmo no período noturno.

Assim, quando há um excesso de energia produzida em relação ao consumo do imóvel, essa sobra é enviada para um conjunto de baterias.

Quando o consumo da unidade for maior do que a produção, as baterias entram em ação para liberar a eletricidade armazenada e atender o imovel.

Justamente pelo sistema off grid ser isolado, ou seja, sem conexão com a rede elétrica, não é possível utilizar uma quantidade de energia maior do que as que foram geradas pelos módulos fotovoltaicos.

Por esta razão, é fundamental que o dimensionamento do seu sistema Off Grid seja feito considerando as particularidades de onde o imovel está localizado.

Afinal é o dimensionamento que determina qual é a capacidade máxima que as baterias vão armazenar, de modo a garantir que o sistema não terá interrupções.

Por qual sistema optar?

Primeiramente, é preciso analisar se o local onde o sistema será instalado é atendido pela rede elétrica pública

Caso a resposta seja Não, é claro que o sistema Off Grid será a melhor e a única opção a adotar, já que a conexão com a rede não será possível.

Já em áreas urbanas, o sistema On Grid com certeza é o mais adequado, pois é viável a conexão com a rede, o que dispensa o uso de baterias e armazenadores de carga.

Além disso, como já foi dito anteriormente, o sistema On Grid transforma energia excedente em créditos que poderão ser utilizados por até 5 anos.

Quer saber quanto é possivel economizar? Faça uma simulação sem compromisso.

Comentários

Escreva um comentário antes de enviar

Houve um erro ao enviar comentário, tente novamente

Por favor, digite seu nome
Por favor, digite seu e-mail
Solicitar Proposta
Solicitar Proposta

Hepel Solar

online

Olá , você já conhece todos os benefícios da energia ? Que tal começar pelo mais interessante, ECONOMIA na CONTA DE LUZ?

envia ao whatsapp