capa do post

Energia solar é cara? Mitos e verdades sobre energia fotovoltaica

BLOG | 07/12/2021

O mercado de energia solar no Brasil vem crescendo nos últimos anos, mas muitas pessoas ainda ficam em dúvida sobre a instalação de um sistema de energia fotovoltaica.

Segundo associação do setor, em 2021, nosso país ultrapassou os 10 GW de geração solar instalada, incluindo grandes usinas e sistemas residenciais.

Neste post reunimos alguns dos maiores mitos sobre o sistema de energia solar fotovoltaica

Afinal, se você quer aproveitar os benefícios da geração solar, mas ainda está em dúvida, é importante conhecer os mitos que circundam o assunto. 

Entendendo assim, como realmente o processo funciona e saber ponderar se o investimento vale a pena para você.

Energia solar é cara?


Esse é um dos principais mitos que impedem as pessoas de aproveitar os benefícios desta fonte. É preciso considerar muitos aspectos para analisar seu custo-benefício, não apenas valores isolados. 

Em primeiro lugar, precisamos falar dos custos de um sistema de geração solar. Em meados de 2012, quando houve um crescimento no interesse por energia solar, o preço do megawatt/hora era de US$ 100

Atualmente, esse custo diminuiu para US$ 20, um valor muito abaixo de todas as outras fontes (com exceção da eólica).

Em segundo lugar, o sistema solar de um imóvel que paga cerca de R$ 350 de energia custaria cerca de R$ 30 mil, em 2012. Hoje, esse imóvel pagaria metade desse valor

Dessa forma, muitas pessoas que antes não conseguiriam pagar por um sistema fotovoltaico, atualmente têm facilidade no acesso e no pagamento, fazendo com que o argumento de que "energia solar é cara" fique defasado nesse ponto. 

Outro fator importante a considerar é que estamos falando de um equipamento que retorna o valor investido na redução da conta de energia, uma economia que pode chegar a 95%

Grande parte dos sistemas é ligada na rede elétrica, o que gera créditos energéticos

Dependendo do consumo de energia, da potência gerada, da incidência solar, o retorno do investimento pode ocorrer no período de 3 a 8 anos

Como os painéis solares tendem a durar - no mínimo - 25 anos, você teria 17 anos de lucro (com um payback de 8 anos) o que também elimina a ideia de que energia solar é cara e não compensa.

O sistema solar não produz energia no inverno ou em dias nublados?


O calor em dias nublados ou no inverno é menor, porém, isso não interfere nos painéis fotovoltaicos, pois eles funcionam por causa da radiação

Ou seja, mesmo quando há uma radiação menor, devido às nuvens ou do ângulo da terra no inverno, você continuará produzindo energia.

Por conta disso, os painéis sempre são instalados voltados para o norte, na direção do Equador, quando no Hemisfério Sul

E para o sul, voltado ao Equador, quando no Hemisfério Norte. Podendo captar o máximo de incidência solar

Além disso, é importante ressaltar que à noite o sistema não está produzindo energia, exatamente pela ausência do sol. 

Por isso é que o sistema é ligado à rede elétrica da distribuidora local, ou ainda, às baterias (off-grid), para não ficar sem energia durante a noite.

Entretanto, já existem estudos a fim de criar um módulo capaz de resolver essa questão e funcionar durante a noite.

Energia solar só serve para aquecimento de água?


Em um sistema de aquecimento de água, o processo é relativamente diferente. Nele os módulos captam os raios solares, o que é usado para aquecer a água

Já em um sistema fotovoltaico, os módulos estão ligados à rede elétrica da distribuidora e transformam os raios solares em corrente elétrica, que vai para a caixa de energia. 

Dessa forma, a energia gerada pode ser usada para alimentar qualquer equipamento ligado à rede elétrica.

O sistema de fixação das placas estragam o telhado?


As placas solares são projetadas para serem leves e não danificarem o telhado de alguma forma. Na verdade, eles protegem os telhados.

Afinal, o telhado é exposto ao sol e intempéries, no caso, os painéis solares são desenvolvidos para resistirem aos impactos e não permitem que os telhados se desgastam com facilidade. 

Outro ponto é que seu imóvel pode ficar mais fresco, pois os painéis fazem sombra nas telhas e captam os raios solares.

Faça uma simulação agora! 

As placas só funcionam ligadas à bateria?


Sistemas de armazenamento são a base do modelo off-grid. Porém, a maioria dos sistemas de energia fotovoltaica se liga à rede de energia elétrica da companhia da região.

Assim, é possível usar seu sistema de energia solar normalmente, além de ter o apoio da energia elétrica da companhia, caso o seu sistema não consiga sustentar todo o consumo do imóvel sozinho.

Um dos grandes benefícios do sistema on-grid é que, se você produz mais energia do que consome, essa energia excedente será injetada na rede elétrica da distribuidora local. 

E em troca da sua energia, a companhia elétrica fornecerá créditos que diminuirão a sua conta em até 95%. Sua conta de energia só não é zerada porque você paga uma taxa mínima pelo uso do sistema.

A instalação do sistema fotovoltaico é demorada?


A instalação em si dos componentes do sistema não é muito demorada. O que acontece é que, antes de subir no telhado e instalar os painéis, por exemplo, é preciso planejar o projeto e autorizá-lo

O proprietário deve entrar em contato com uma empresa especializada e avaliar se há condição da instalação ser feita onde é desejado. 

Posteriormente, ela definirá toda a parte técnica para que o projeto seja feito. Além da homologação com a companhia elétrica que atende a localidade, a fim de gerar os créditos solares.

Portanto, depois do projeto pronto, essa é a fase que pode demorar algumas semanas, até que seja liberada a instalação.

É possível instalar energia solar em casa alugada?


É possível. Entretanto, você precisará ter a autorização do proprietário do imóvel, como em toda alteração nesse tipo de residência.

Os créditos solares estarão em seu nome, pois o registro é feito no nome do titular da conta de energia elétrica.

Em caso de mudança de residência, não haverá problema algum, pois os painéis são peças removíveis. Portanto, você pode instalá-los em outro lugar.

Mas é essencial que você contrate uma empresa especializada para fazer a remoção com segurança e a instalação em outro imóvel.

Além disso, a companhia de energia elétrica precisa ser informada que você está retirando o sistema daquela residência e instalando em outro local. 

Se for mudar para outro estado, vale a pena se informar com meses de antecedência como funciona a ligação dos painéis na rede dessa nova companhia.

Afinal, pode ser que você precise providenciar documentos ou até algum tipo de estrutura.

Não é possível instalar energia solar em prédios?


A instalação de painéis solares em condomínios verticais é totalmente possível, mas necessita de cuidados específicos. 

Não é possível instalar os painéis em uma sacada, por exemplo, pois a incidência necessária de luz solar não seria adequada. 

A instalação em fachadas é possível, mas não é muito comum. Sendo assim, a forma mais viável é a instalação em terraços ou até em estacionamentos.

Nesses casos, é preciso que haja um acordo entre todos os moradores, uma vez que a energia poderá ser usada para atender todo o condomínio

Além disso, deverá ser feita uma análise adequada para saber quantos painéis solares serão necessários, a fim de suprir a quantidade de energia que o prédio gasta.

Comentários

Escreva um comentário antes de enviar

Houve um erro ao enviar comentário, tente novamente

Por favor, digite seu nome
Por favor, digite seu e-mail
Solicitar Proposta
Solicitar Proposta

Hepel Solar

online

Olá , você já conhece todos os benefícios da energia ? Que tal começar pelo mais interessante, ECONOMIA na CONTA DE LUZ?

envia ao whatsapp